segunda-feira, 2 de abril de 2012

Vídeo é conteúdo preferido nas TVs conectadas

Texto publicado em: FNDC

Ana Carolina Barbosa
Teletime

Em apresentação no MipTV, em Cannes, Tom Morrod, analista sênior de TV e tecnologia broadcast da empresa de pesquisa IHS Screen Digest, chamou a atenção da plateia para a rápida expansão da TV conectada. "Elas estão tornando-se rapidamente um device dominante, trazendo muitas oportunidades para o mercado de OTT (over-the-top)". Daniel Sanders, diretor de serviços de conteúdo da Samsung Electronics Europe, afirma que a fabricante tem investido muito em conteúdo para suas SmarTVs. Ele conta que até janeiro de 2012 foram feitos mais de 20 milhões de downloads de aplicativos desenvolvidos para os devices conectados da marca. "Vídeo é o melhor conteúdo. Temos foco no VOD", diz, ressaltando que os devices conectados são uma excelente oportunidade para os broadcasters criarem engajamento, oferecendo seus conteúdos de maneira não-linear.

Christian Bombrun, gerente-diretor da rede de TV francesa M6, falou sobre os planos da empresa de lançar conteúdo no Xbox e nas TVs conectadas da Samsung, com o desenvolvimento de features para a oferta de conteúdos nos modelos linear, catch up e subscription video on demand (SVOD). "É possível criar mais valor nas TVs conectadas", observa o executivo.

Peter Mercier, diretor sênior de aquisição e estratégia de conteúdo da Microsoft, falou sobre a importância de oferecer ao usuário novas possibilidades de interatividade, como o Xbox fez recentemente, acrescentando o comando por voz e gestos. Atualmente, 40 milhões de pessoas em 30 mercados diferentes têm acesso ao produto. Embora o carro-chefe do Xbox sejam os games, os vídeos são bastante consumidos no console. "Queremos mais parceiros, mais conteúdos e mais lugares", afirma.

Nenhum comentário: