sexta-feira, 10 de maio de 2013

Internet é a mídia mais importante para a maioria dos brasileiros

Estudo revela que preferência pelo ambiente online supera televisão, jornal, rádio e revistas
Texto publicado em: IG Economia


A mídia mais importante para 88% dos brasileiros é a internet, revelou um estudo com respostas múltiplas feito com mais de duas mil pessoas pela comScore, em parceria com o Interactive Advertising Bureau (IAB). A televisão vem em segundo lugar, com 55% da preferência, seguida pelo jornal (44%) e pelo rádio (28%). As revistas ficaram por último, com 27%.

A pesquisa também constatou que, se tivessem 15 minutos de tempo livre no dia, sete em cada dez entrevistados escolheriam uma atividade online – como navegar por redes sociais, ler emails ou trocar mensagens instantâneas. Apenas 10% demonstraram interesse por assistir TV, e 3% por ouvir rádio.

Entre os usuários de internet mais assíduos, que costumam acessar a rede várias vezes ao dia, destacam-se as mulheres na faixa dos 25 aos 44 anos. Quando estão no ambiente online, elas preferem navegar em redes sociais e comunicar-se, enquanto os homens são mais propensos a navegar livremente por sites.

O local de trabalho é onde a internet é mais utilizada por 43% dos consultados, por intermédio de computadores ou notebooks. Em seguida vem as escolas, com 17% dos usuários, restaurantes ou cafés (11%), e locais de compras (8%).

Publicidade digital

O estudo revelou, ainda, que 74% dos usuários de internet fazem pesquisas pela web sobre os produtos que desejam comprar em lojas físicas. Entre este público, 66% concordam que os anúncios online os influenciam a procurar mais informações sobre as marcas anunciadas.


Já entre a publicidade veiculada em todas as mídias, a disseminada pela internet é considerada a mais informativa para 50% do público, e a mais criativa para 49%.

Os anúncios mais memoráveis ainda são os da televisão, na opinião de 48% dos entrevistados. A internet vem em seguida (33%), na frente de jornais e revistas (10%) e do rádio (9%).



Nenhum comentário: