terça-feira, 27 de julho de 2010

Países encontram dificuldade em desligar sinais analógicos no cronograma estipulado

Texto publicado em: Tela Viva News

Da Redação do Tela Viva News

Uma análise do site norte-americano Television Broadcast mostra que o cronograma de migração para a TV digital está atrasado em diversos países do mundo. Alguns dos países que já terminaram a transição, incluindo os Estados Unidos, tiveram que adiar o planejamento inicial para desligamento dos sinais analógicos. Segundo o site, aproximadamente 1 milhão de residências canadenses não estão preparadas para o desligamento dos sinais analógicos, o que está previsto para acontecer em agosto deste ano. Na transição estadunidense, o número de lares que não estavam aptos a receber os sinais digitais um mês antes dos desligamento era substancialmente maior, aproximadamente 3,3 milhões. Contudo, a amostra não era tão significativa, já que os Estados Unidos contam com aproximadamente 111 milhões de lares com TV, enquanto o Canadá tem cerca de 13,7 milhões.

No Japão o desligamento do analógico está previsto para acontecer em um ano, no dia 24 de julho de 2011. Atualmente, cerca de 20% dos lares ainda não conta com receptores digitais, aponta a matéria. Já em Hong Kong, apenas 53% dos lares contam com televisores digitais, mas o desligamento do analógico deve ocorrer apenas em 2012.

O cronograma para transição proposto pela União Internacional de Telecomunicações para o continente africano está ainda mais difícil de se concretizar. O desligamento do analógico previsto pelo órgão internacional no continente é em 2015. Trata-se de uma meta difícil, levando-se em conta que a maior parte dos países sequer escolheu um padrão de TV digital

Nenhum comentário: