quarta-feira, 2 de abril de 2014

O futuro da televisão em debate na NAB 2014

Pelo terceiro ano consecutivo, o CM irá cobrir o congresso anual da National Association of Broadcasters - NAB - na cidade de Las Vegas/EUA. Este é o maior evento mundial na área de engenharia de televisão.  O evento acontece entre os dias 5 e 10 de abril e deve reunir mais de 1.500 expositores e 90 mil visitantes de quase 200 diferentes nacionalidades. Além de uma série de palestras e apresentações, a NAB conta com a realização da feira de equipamentos, desde a produção e entrega de conteúdo audiovisual, de televisão.

Outro evento importante é o SET e Trinta. Encontro promovido pela Sociedade de Engenharia de Televisão - SET - com empresários e executivos brasileiros que irão ao congresso. São sessões e debates que discutirão os rumos da televisão no Brasil e se as tendências da indústria americana irão refletir no mercado nacional.

Uma das sessões programadas para o SET e Trinta irá discutir o futuro da televisão. Este tema vem sendo debatido em diversos eventos. A televisão vem enfrentando a fuga de espectadores,

Clique aqui para ler: Reinventando a Televisão - reportam sobre a 7ª edição do Campus Party, em São Paulo, que colocou na agenda temas importantíssimos como a reinvenção da Televisão, o futuro do sinal aberto de TV, a TV por assinatura, os novos formatos e conteúdos audiovisuais e fundamentalmente como a indústria vai ter de se reformular até o fim da segunda década do século XXI. 

como demostra matéria de Daniel Castro (Em um ano, TV aberta perde audiência de duas Rede TV!) que afirma que "as pessoas estão vendo mais televisão, mas assistem cada menos televisão aberta". Já está claro e evidente que a televisão terá que se adaptar ao novos tempo, só não está claro ainda, qual o melhor caminho para esta adaptação.

Por isso, uma sessão em especial para a delegação brasileira está chamando a atenção na NAB. Segue abaixo o release enviado pela assessoria de comunicação da SET.

O futuro da TV será abordado por especialistas internacionais no  SET e Trinta


A SET espera cerca de 400 executivos no evento que tradicionalmente organiza para reunir os brasileiros na NABShow, em Las Vegas. Este ano, o encontro será de 7 a 9 de abril

São Paulo - A Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET) vai realizar de 7 a 9 de abril o seu tradicional encontro de brasileiros na NABShow, em Las Vegas, o SET e Trinta. Destinado à difusão de conhecimento, networking e negócios, o evento terá início marcado diariamente em um café da manhã, às 6h30, na sala N117 do Las Vegas Convention Center. Entre os pontos altos do SET e Trinta este ano, destacam-se seus dois fóruns de tecnologia, “FUTURO DA TV: a TV tem futuro?”, no dia 8, e “Desafios e Oportunidades para a Televisão”, no dia 9. Ambos começarão às 8h, logo após as apresentações das inovações de três expositores da feira.

“FUTURO DA TV: a TV tem futuro?”

O primeiro fórum será moderado por Fernando Bittencourt, Membro do Conselho de Ex-Presidentes da SET e Diretor Geral de Engenharia da TV Globo, e terá como palestrantes:

Phil Laven (EBU/FoBTV)


Philip Laven é o Chairman do Projeto DVB Project, atuando pela European Broadcasting Union (EBU), onde foi diretor do Departamento Técnico entre 1997 e 2007. Antes de se juntar à EBU, trabalhou para a BBC em funções relacionadas a P&D, sendo responsável por todas as atividades de P&D da BBC. Desempenhou papel importante no desenvolvimento técnico da BBC, como a introdução da transmissão digital de rádio e TV. Entre 1994 e 2009 foi Chairman do Comitê Técnico da ETSI/EBU/CENELEC, que é responsável em estabelecer os padrões técnicos de broadcasting na Europa.Em abril de 2012 foi apontado vice-chairman da iniciativa FOBTV.
Michael McEwen (NABA)


Assumiu em abril de 2012 o cargo de diretor-geral da North American Broadcasters Association (NABA), que representa os interesses dos broadcasters de México, EUA e Canadá em instituições e fóruns internacionais. Entre 2006 e 2012 foi diretor e chairman da Media Assets Capital, consultoria para empresas de broadcasting e assemelhadas. Entre 1998 e 2006, presidiu a Canadian Digital Television, entidade do setor televisivo responsável por gerir a transição da TV de análogo para digital HD.
 Dr. Toru Kuroda (NHK)


Atualmente ocupa o cargo de vice-diretor dos laboratórios de Ciência e Pesquisa Tecnológica da NHK, no Japão. Entrou na rede em 1982, na regional de Nagano e em 1985 foi transferido para a divisão de pesquisas de transmissão via satélite. Em 1997 é nomeado para o cargo de engenheiro sênior na divisão de broadcasting digital da NHK e em 1999 coordena a instalação da transmissão digital. Entre 2002 e 2012 dirigiu o departamento de assuntos gerais e a divisão de coordenação e planejamento da NHK.
“Desafios e Oportunidades para a Televisão”

O fórum do dia 9 será moderado por Liliana Nakonechnyj, Diretora Internacional da SET, participante do Fórum Brasileiro de TV Digital e Diretora de Engenharia de Transmissão e Apoio às Afiliadas da TV Globo. Com temas mais diversificados, a sessão terá  palestras sobre ATSC 3.0,  Segunda Tela e o Espectro e TV Pública na Europa, que serão abordados respectivamente por:

 Richard Chernock (Triveni Digital e ATSC TG3 Chair)


Dr. Richard Chernock é chairman do ATSC Technology Group no ATSC 3.0 (TG3), supervisonando o desenvolvimento dos padrões futuros da TV digital. Chernock também é Chief Science Officer da Triveni Digital e atua em comitês da ATSC, Society of Motion Picture and Television Engineers (SMPTE) e Society of Cable Telecommunications, particularmente nas áreas de futuro do DTV, monitoramento, metadata e data broadcast. É palestrante da Brodcast Technology Society do IEEE.
Chuck Parker (Second Screen Society)


Chuck Parker atualmente preside a 2nd Screen Society e atua em diversos ramos da tecnologia de mídia digital. Passou durante 15 anos por vários postos de comando na Technicolor, empresa responsável pelo fornecimento de soluções criativas e inovadoras na tecnologia de transmissão de conteúdo a nível global. Chuck coordenou o lançamento de produtos para o que é agora o M-Go, MediaEcho e MediAffinity. É formado em MB pela Universidade de Notre Dame.
Simon Fell (EBU)


Atualmente é diretor de Tecnologia e Inovação na EBU, posição que ocupa desde agosto de 2013. Tem mais de 35 anos de experiência no setor de tecnologia em broadcasting, incluindo passagens pela ITV britânica, onde foi diretor de tecnologias futuras entre 2008 e 2009 e controlador de tecnologias emergentes entre 2004 e 2006. Entre 1991 e 2004, Fell trabalhou na Carlton Television, franquia da ITV para a região de Londres. Fell também ocupa atualmente o cargo de chairman do conselho tecnológico do Digital Television Group, associação da indústria para TV digital no Reino Unido.

Nenhum comentário: