terça-feira, 15 de junho de 2010

O mundo mudou

Pelo menos na América do Sul. Nunca houve tantas transformações políticas e econômicas em um espaço de tempo tão curto. Do ano 2000 até agora, quase todos os países que formam nosso continente passaram por alguma transformação significativa. E na maioria deles, a história política foi drasticamente alterada. A America do Sul dos anos 70 e 80 era praticamente dominada por ditaduras militares, os países que não, eram comandados por presidentes comprometidos com os interesses do FMI e Banco Mundial.

Mas, eis que soprou o vento da mudança. Chavez, na Venuzuela, rompendo uma dominação histórica dos EUA sobre o petróleo produzido naquele país. Evo Morales, na Bolívia, o primeiro presidente boliviano descendentes de índios. Lula no Brasil, o primeiro presidente oriundo da classe de trabalhadores. Nestor e Cristina Kirchner, na Argentina, rompendo a dominação do FMI em mais de 50 anos. Rafael Correa, no Equador, que fechou uma base militar americana em seu país. No Paraguai, o ex-teólogo Fernando Lugo, comprometido com a reforma agrária. E ainda tem o Chile.

Não por acaso, o mundo nos observa. Oliver Stone, cineasta americano, ganhador de dois Oscars, conta esta história no documentário “Ao Sul da Fronteira”. Recomendo enfaticamente este filme. Pena que documentários dificilmente chegam aos cinemas de nossa cidade. Mas, hoje temos a Internet. Será que é por isso que o mundo esta mudando tanto?

Nenhum comentário: