segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Base de assinantes cresce 18,4% no acumulado do ano, divulga Anatel

Texto publicado em: Tela Viva News

Continua acelerado o crescimento da TV por assinatura no Brasil. Segundo dados divulgados pela Anatel nesta sexta, 24, o setor acumula crescimento de 18,4% em 2010, até agosto, um percentual maior que o apresentado em todo o ano de 2009, que foi de 18,24%. Segundo a agência, com 248.879 novos assinantes acumulados no ano, o serviço atende hoje 8.849.068 domicílios. Considerando-se o número médio de pessoas por domicílio divulgado pelo IBGE (de 3,3 pessoas por domicílio), os serviços de TV por assinatura são distribuídos, atualmente, para mais de 29,2 milhões de brasileiros. O número de domicílios atendidos está muito próximo de alcançar o dobro do número de 2006, quando eram atendidos aproximadamente 4,5 milhões de domicílios e quando começou a fase de crescimento mais robusto.

O aumento da base no mês de agosto representa uma evolução de 2,9% em relação à base de assinantes de julho.

Plataformas

Novamente, o DTH foi a plataforma que mais cresceu em penetração. A evolução no mês de agosto foi de 4,3%, contra 3,8% em julho. O cabo cresceu em ritmo mais acelerado que no mês anterior: 2,1% em agosto, contra 0,9% em julho. As prestadoras de MMDS novamente perderam assinantes. Segundo a Anatel, a perda foi de 1,4% de sua base.

Com o avanço do DTH, o share de participação de cada plataforma também vem mudando de forma acelerada. Segundo a agência reguladora, em janeiro deste ano o DTH representava 37,4% dos serviços de TV por assinatura. Ao final de agosto, os serviços via satélite atingiram 42,8% da base. Já os serviços prestados via cabo representavam 57,9% do setor, caindo para 53,5% dos assinantes no final de agosto. O share do MMDS caiu de 4,7%, em janeiro, para 3,7% em agosto.

Crescimento regional

O setor acompanha a tendência de crescimento da classe C, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste. Nestas regiões, o crescimento nos últimos 12 meses foi de 62,0% e 40,8%, respectivamente. Em sequência vêm as regiões Sudeste (24,7%), Centro-Oeste (23,3%) e Sul (20,0%).

A Anatel divulgou ainda o crescimento das dez Unidades da Federação que apresentaram maior crescimento percentual nos últimos 12 meses. Amapá e Roraima apresentaram crescimento superior a 100% nos últimos 12 meses (106,3% e 106,1%, respectivamente). Na sequência vêm Maranhão (73,1%), Piauí (64,8%), Amazonas (64,7%), Tocantins (61,1%), Bahia (54,9%), Pará (53,1%), Alagoas (50,2%) e Acre (43,3%). Da Redação.

Nenhum comentário: