quinta-feira, 28 de abril de 2011

Bahia se integra à campanha 'Banda Larga Um Direito Seu'

Texto publicado em: FNDC

26/04/2011 |
Eliane Costa
Portal Vermelho

Garantir o acesso de todos os brasileiros e brasileiras à internet banda larga com qualidade e baixo custo. Este é o objetivo principal da campanha “Banda larga é um direito seu!”, lançada nesta segunda-feira (25/4) simultaneamente em Salvador e outras três capitais brasileiras: Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Na capital baiana, um ato público na Faculdade de Educação da Ufba reuniu diversas entidades do movimento social, professores e ativistas pela democratização da midia.

Para o professor Nelson Pretto, um dos coordenadores do movimento na Bahia, ao lado da professora Bonilia da Faculdade de Educação, o lançamento é um primeiro passo para pressionar tanto o Executivo, quanto o Legislativo, a dotar o país de uma política pública que permita o acesso a banda larga , um patrimônio do país e não um serviço a ser prestado apenas por operadoras privadas.

“O envolvimento da Faculdade é porque nós da Faculdade de Educação, particularmente, achamos que o país deve ser dotado de uma infra-estrutura de banda larga adequada para de fato inserir as escolas na cibercultura”, enfatizou.

“Eu imagino que a partir daqui, vá se construir um grupo de pressão muito forte a ministérios, a parlamentares, no sentido de acompanhar mais atentamente o desdobramento do Plano Nacional de Banda Larga, que foi ao longo do tempo sofrendo uma série de modificações. E com o tipo de pressão que as operadoras de banda larga e a grande mídia exercem sobre o governo e os parlamentares isso pode vir a piorar”, argumenta Pretto.

A importância da mobilização da sociedade civil para garantir a banda larga como um serviço público e eficiente também foi ressaltado pela secretária de Comunicação do PCdoB na Bahia, Julieta Palmeira, também integrante da União Brasileira de Mulheres (UBM0 “Fazemos parte de um grupo de pessoas que defendem a comunicacão como um direito humano e a questão do acesso a banda larga não é uma questão menor. É preciso garantir a banda larga como um serviço público de qualidade e univerrsalizado, como um dever do estado. É preciso avançar mais a política definida no Plano Nacional de Banda Larga, nesse sentido."

A campanha já conta com mais uma adesão importante, o deputado estadual Álvaro Gomes (PCdoB), que se colocou à disposição do movimento para debater o tema na Assembleia Legislativa da Bahia. “É importante a participação da Assembleia neste processo. Já existem vários projetos sobre o tema em discussão na Casa, mas sempre poderemos estudar formas de garantir o acesso de todos à internet de qualidade, já que este há muito tempo passou a ser um serviço essencial para a população”, destacou o parlamentar.

O tema também será fruto de uma audiência pública ainda sem data definida na Câmara de Vereadores de Salvador, de acordo com a vereadora da capital Marta Rodrigues( PT) , presente ao evento.

Nenhum comentário: