terça-feira, 18 de outubro de 2011

Está certo: até 2016, todas as emissoras de TV no Brasil só operarão com o sinal digital

Texto publicado em: FNDC

O que vem por aí

17/10/2011 |
Redação
Coletiva.net

Está certo: até 2016, todas as emissoras de TV no Brasil só operarão com o sinal digital

Mesmo com o padrão digital não popularizado no país, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, declarou que o sinal analógico de televisão no Brasil está mantido para 2016. Medidas já estão sendo tomadas para acelerar o processo de digitalização.“Esperamos que até 2016 já estejamos totalmente prontos para fazer o apagão analógico. Até lá, as emissoras vão ter tempo para se adaptar e os próprios consumidores vão querer modernizar seus equipamentos, até mesmo porque teremos uma Copa do Mundo aqui no Brasil em 2014 e as pessoas já vão querer aproveitar a tecnologia”, avaliou o ministro.

O Governo Federal vai oferecer um incentivo para que emissoras de TV comprem equipamentos necessários para a migração do sistema. Por isso, será dado acesso a linhas de crédito diferenciadas, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O MiniCom divulgou no site algumas medidas que serão tomadas. O secretário de Serviços de Comunicação Eletrônica do MiniCom, Genildo Lins, afirmou que todas as 400 geradoras de TV espalhadas pelo País poderão realizar transmissões digitais e analógicas, ao mesmo tempo, até que o sinal analógico seja definitivamente desligado, em 2016.

O decreto que estabeleceu o sistema de TV digital no Brasil abriu a possibilidade de interatividade nas transmissões. Isso quer dizer que o telespectador poderá usar seu aparelho de TV para consultar saldo bancário, agendar consultas médicas, consultar a previsão do tempo, informações de trânsito e comprar produtos. Para possibilitar essas interações, pesquisadores brasileiros desenvolveram o Ginga, uma ferramenta que vai permitir a interatividade na TV digital brasileira.

O governo está trabalhando para incluir o Ginga nos aparelhos de televisão fabricados no Brasil. Atualmente, nem todos os aparelhos saem de fábrica prontos para a interatividade. A expectativa é de que no próximo ano, 75% dos televisores já saiam das fábricas com o middleware de interatividade instalado. Em 2013, esse percentual alcançaria 100% dos aparelhos. A medida está tramitando no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Um comentário:

Francisco Machado Filho disse...

Sinceramente, duvido muito que isto irá ocorrer em 2016.. ano de Olimpíadas??? Sem chance,,,