quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Apple iTV, o televisor de Steve Jobs, terá tela de 32 a 55 polegadas

Texto publicado em: FNDC

06/12/2011 |
Maurício Grego
Exame
Foto: Internet

Várias fontes afirmam que a Apple se prepara para lançar sua linha de televisores iTV, que vinha sendo desenvolvida sob o comando de Steve Jobs

São Paulo — Os rumores sobre a chegada de uma linha de televisores da Apple vêm ganhando força no mercado. O site australiano Smarthouse diz ter conseguido detalhes com um fornecedor japonês da empresa. Segundo o site, o televisor será oferecido em três tamanhos, de 32 a 55 polegadas.

A Apple já tem um produto nessa área, o Apple TV, um pequeno dispositivo eletrônico que recebe imagens da internet ou de um computador e envia ao televisor. Além disso, os monitores Apple Cinema Display podem exibir filmes em alta resolução. Agora, há muitos indícios de que a empresa se prepara para lançar um televisor completo. O Smarthouse diz que a futura linha Apple iTV vai usar o novo processador que vem sendo informalmente chamado de A6. Esse chip também estará no iPad 3, previsto para o primeiro trimestre de 2012.

Os aparelhos terão uma interface inteiramente nova que vai incluir reconhecimento de voz. Usando o assistente Siri, que também faz parte do iPhone 4S, as pessoas vão poder falar com o televisor para localizar programas de TV e aplicativos. Alguém poderá, por exemplo, dizer “ESPN” em vez de teclar o número correspondente ao canal esportivo num controle remoto.

Steve Jobs
Como sempre, a Apple não fala sobre o assunto. Mas os rumores sobre um televisor da empresa têm circulado no mercado há pelo menos dois anos. Eles ganharam um impulso extra depois que a biografia de Steve Jobs, escrita por Walter Isaacson, revelou que o fundador da Apple vinha trabalhando no projeto de um televisor antes de morrer.

Jobs detestava o labirinto de cabos que conectam um televisor a dispositivos como players de DVD e Blu-ray e decodificador de TV por assinatura. Ele disse a Isaacson que já havia descoberto como tornar realidade sua visão do televisor. “Ele terá a mais simples interface com o usuário que você puder imaginar. Eu finalmente resolvi isso”, disse Jobs.

Esta última frase (“I finally cracked it” no original em inglês) é que deu a entender que o iTV estaria muito perto de virar realidade. O jornal britânico Daily Telegraph chegou a noticiar que o desenvolvimento está sendo liderado por Jeff Robbin, um dos engenheiros que criaram o iPod e o iTunes (Jobs considerava Robbin tão valioso para a Apple que, em 2001, ele autorizou um repórter da revista Time a entrevistar o engenheiro apenas sob a condição de não revelar o sobrenome dele).

O dobro do preço
Na semana passada, durante o evento Ignition: Future of Media, que aconteceu em Nova York, Gene Munster, diretor da empresa Piper Jaffray, também forneceu detalhes sobre a Apple iTV, supostamente obtidos de fornecedores de componentes. Munster estima que os televisores cheguem às lojas nos Estados Unidos na metade de 2012. Ele afirmou que os aparelhos da Apple vão custar o dobro do preço habitual de um televisor de mesmo tamanho.

Eles vão trabalhar integrados com outros dispositivos da empresa. Assim, o usuário poderá usar seu iPhone ou iPad como controle remoto. Também será possível adquirir músicas e filmes na loja iTunes e aplicativos na App Store. O televisor também vai se comunicar com o serviço de armazenamento em nuvem iCloud, onde o consumidor terá acesso a seus próprios arquivos de mídia. Mesmo assim, o usuário ainda deve depender de uma assinatura convencional de TV a cabo para ver noticiários e a programação local.

Nenhum comentário: