quinta-feira, 3 de maio de 2012

Conheça o formato 4K

Idealizado pelo DCI (Digital Cinema Initiative, consórcio formado pelos principais estúdios de Hollywood) no final da década de 1990, e que a partir dos meados dos anos 2000, começou a fazer parte da primeira geração das telas de cinema digital e nas salas IMAX, entra definitivamente para a indústria televisiva e promete revolucionar o mercado audiovisual, mais uma vez.
Centro das atenções na feira da NAB Show em 2012, o sistema de gravação 4K chamou a atenção de todos os visitantes pela alta qualidade das imagens e pela relação entre custo e benefício que o novo sistema proporciona. A Canon apresentou, entre outros, dois modelos com sensor CMOS equivalentes ao formato 35 mm do cinema. A câmera EOS C500 possui uma alta sensibilidade para gravações com pouca iluminação, isto porque grava vídeos com ISO de 320 a 20000 e geram um imagem de 4,096 x 2,160 pixels contra os 1920 x 1080 das imagens full HD. São 8,85 megapixels por imagem, o que permite a reprodução de imagens no mínimo quatro vezes maior que as TVs Full HD atuais.

Formatos e resoluções das HDTVs (Foto: Reprodução/Gizmologia)


Além da alta qualidade das imagens e a captação com baixa luminosidade, a praticidade das câmeras no formato 4K possibilitarão uma nova estrutura de produção. Documentaristas e cineastas poderão produzir conteúdo de alta qualidade com um custo muito inferior se comparado às produções em HD, principalmente pela possibilidade de captura de imagens com luz ambiente mesmo à noite. 

EOS C500 em exposição na NAB Show 2012


Imagens na resolução 4K proporcionam alta resolução que ultrapassam as imagens geradas pelo sistema HD


Nenhum comentário: